14 março 2006

Ultimas coisas a verificar antes de instalar definitivamente o sistema no HD.

‘Pronto já vi o que o Linux pode me oferecer, já sei onde baixar, já aprendi os modos que eu posso baixar, já sei gravar e algumas coisas mais. Mas o que mais eu preciso saber para poder instalar definitivamente no HD?’. Calma pequeno gafanhoto  vamos descobrir isso agora.

Lembre-se Linux não é Windows.

Lembre-se que você está instalando um outro sistema operacional, por isso paciência é fundamental, é como se você estive-se aprendendo a andar, no começo você pode cair, chorar  , mas aos poucos você aprende. É como aprender a ler e escrever, no começo você vai falando letra por letra, depois de um tempo você já sabe falar palavras completas, com um pouco mais de esforço você fala as frases e assim você vai subindo de ‘nível’, ler textos, escrever cartas e outras coisas.

Aprenda a pesquisar as coisas sozinho.

Tem coisas que você só vai aprender com o tempo de uso, por isso sempre que tiver um problema, pesquise no google, participe de fóruns, enfim não seja mais um usuário que estar dentro do grupo das pessoas que tem por cultura o windows e reclamam de tudo que não tenha uma janela azul de erro ;-p.

Pesquise bem sobre seu hardware e veja se ele é totalmente compatível com o Linux e se não for como fazer para funcionar.

Essa é umas das principais questões quando envolve a migração de um computador para o Linux Mas nem todos sabem ou simplesmente tem preguiça de se informar, que isso não é nem de longe culpa do Linux, a maioria das empresas que desenvolvem hardware NÃO PORTAM OS DRIVES PARA OUTROS SISTEMAS, ELES SÓ FAZEM DRIVES PARA O WINDOWS (claro que toda regra tem sua exceção), o que temos hoje é o esforço brutal de alguns usuários Linux que fazem uma engenharia reversa em algum drive e portam para o Linux (isso não tem nada de ilegal). Você deve estar se perguntando ‘Porque essas empresas fazem isso?’, o negocio é que elas olham o Linux como um terreno duvidoso e por isso não se importam com quem usa esse sistema, ou seja, eles acham que todo mundo usa o Windows mesmo que as pesquisas mostrem o contrário, por isso não só o Linux sofre com essa falta de respeito. É como se numa garagem de carros só fosse permitida a entrada de pessoas com um determinado carro, a pessoa que chegar com outro tipo de carro, MESMO QUE MUITO MELHOR QUE O OUTRO não poderá entrar no estabelecimento. Isso é uma falta de respeito!!

Aprenda a pesquisar por programas equivalentes.

No Linux você não encontrará MS Office, Photoshop e outros programas bastantes comuns no windows. Mas você encontrará o OpenOffice, o Gimp e vários outros que substituem os concorrentes de forma satisfatória, tem gente que fala que tem muitos programas que ainda não chegam aos pés dos concorrentes pagos, em certos casos isso é verdade, mas se você lembrar o Linux tem apenas 14 anos (quase da minha idade ), por esse motivo é visto por algumas empresas como terreno duvidoso, mas isso estar acabando. Tem programas que são Open Source que são muito melhores que seus concorrentes pagos, e outra coisa, tudo é questão de adaptação e gosto, eu mesmo já vi cada trabalho feito no Gimp que bate inúmeras vezes aos feitos no Photoshop, sem falar que a grande maioria dos sites hoje em dia usam o Apache como servidor web, isso derruba um grande argumento dos usuários windows em relação a segurança do Linux, o Apache é de longe o mais usado, mas mesmo assim tem muito menos falhas que seu concorrente (o ISS) tem e as que tem são geralmente corrigidas de uma forma assustadoramente rápida. Poderíamos citar também o Bind, que é usado na maioria dos root servers (são os servidores DNS 'supremos' da internet, localizado em países diferentes), poderia falar de vários outros programas que são usados na maioria dos casos e que são Open Source, mas vou ficar por aqui (não quero humilhar os users win :-). Então acho que isso vai da pessoa, se você ainda não estiver muito convencido vou te dar um exemplo (gosto de citar exemplos ): Vamos supor que você foi lançado numa ilha quando era bem pequeno, onde só existem maquinas rodando Linux, para você vai ser normal entrar no terminal e digitar ‘apt-get install gimp’, ‘cat arquivo.txt’ e ainda “sed 's/Linux/Linux Forever/g' arquivo”. Mas se algum dia uma pessoa chegar com um Windows XP Service Pack X (sei la quantos vão sair ;-p) na ilha todo mundo irá achar aquilo super difícil, ruim e feio.

Como você pode ver é tudo uma questão de cultura e não se deixe levar pela mídia, pois na mídia quem tem mais dinheiro é o melhor e eu nem preciso perguntar quem tem mais dinheiro né? 

4 comentários:

Rafael A. Machado disse...

eai tche...bem interessante teu blog...

me adiciona no msn...pra gente troca uma ideia...

fael0[AT]hotmail.com

falow, abraços

Anônimo disse...

coloca o link do www.google.com.br/linux
ae a pesquisa foca mais o Linux
abraços

Praczyk disse...

Parabéns amigo!
Sou usuário GNU/Linux e autor da lei do software Livre em meu estado.
Iniciativas do tipo são extraordinariamente importantes.
Sucesso em suas ações.
meu site caso deseje conhecer meu trabalho com Linux
www.pastoredson.com.br

Gunter disse...

A título de correção -> O Servidor Web Windows é IIS (Internet Information Service) e não ISS.

No mais, parabéns.

Postar um comentário